Governo prevê leiloar concessões de 3 hidrelétricas da Cemig em 2017

terça-feira, 13 de setembro de 2016 13:06 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O governo brasileiro prevê leiloar no segundo semestre de 2017 as hidrelétricas de São Simão, Miranda e Volta Grande, segundo documento divulgado nesta terça-feira sobre um amplo programa de licitações do presidente Michel Temer.

As três concessões são da mineira Cemig, cujos contratos venceram ou estão para vencer. Com as licitações, o governo poderia arrecadar cerca de 10 bilhões de reais, segundo disseram à Reuters anteriormente fontes próximas às discussões.

A concessão de São Simão (MG/GO), de 1,7 mil megawatts, venceu no começo de 2015; a de Miranda (MG), de 408 MW, termina em dezembro deste ano; e Volta Grande (MG), de 380 MW, tem a concessão vencendo em fevereiro de 2017.

Um leilão de hidrelétricas já em operação nesses moldes foi realizado em novembro do ano passado, quando o governo federal arrecadou cerca de 17 bilhões de reais em outorgas pela concessão de 29 usinas.

Os recursos obtidos com a venda da concessão dessas usinas podem ajudar nas contas do governo em 2017.

Ainda no setor, elétrico, o governo federal pretende leiloar a partir do segundo semestre de 2017 seis distribuidoras que estão sob controle da Eletrobras, segundo cronograma do Programa de Parceria de Investimentos (PPI) divulgado nesta terça-feira.

A previsão é realizar os leilões da Amazonas Energia, Boa Vista Energia, Companhia de Eletricidade do Acre, Companhia Energética de Alagoas e Companhia de Energética do Piauí.

Já a Centrais Elétricas de Rondônia deve ser levada a leilão no primeiro semestre de 2018.

(Leonardo Goy)