Dólar sobe mais de 2% e volta acima de R$3,30 em dia de aversão a risco

terça-feira, 13 de setembro de 2016 17:08 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar subiu mais de 2 por cento e fechou no maior patamar em dois meses nesta terça-feira afetado pela aversão a risco no exterior, com o mercado pressionado pela desvalorização do petróleo, além da busca por proteção pelos investidores antes do próximo encontro do Federal Reserve.

O dólar avançou 2,09 por cento, a 3,3168 reais na venda, maior cotação de fechamento desde 7 de julho (3,3659 reais). Na mínima da sessão, o dólar marcou 3,2450 reais e, na máxima, 3,3338 reais. O dólar futuro avançava cerca de 2,15 por cento no fim da tarde.

(Por Claudia Violante; Edição de)