Entregas de fertilizantes batem recorde no Brasil em agosto, diz Anda

terça-feira, 13 de setembro de 2016 17:59 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - As entregas de fertilizantes aos produtores rurais do Brasil em agosto atingiram um recorde histórico de 3,92 milhões de toneladas, em alta de 9,9 por cento ante o mesmo mês de 2015, informou nesta terça-feira a Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda).

O volume do mês passado supera a melhor marca do setor, de 3,91 milhões de toneladas, registrada em setembro de 2014, segundo a série histórica da Anda.

Naquele ano, as empresas do setor fizeram o maior volume de entregas da história, com 32,2 milhões toneladas. Após, em 2015, o mercado retraiu-se, principalmente devido a um aperto no acesso dos agricultores ao crédito.

A expectativa de importantes executivos do setor é que 2016 possa recuperar os níveis de negócios de 2014, com uma melhora na confiança dos produtores rurais e boas relações de troca entre fertilizantes e produtos agrícolas.

"Está havendo uma recuperação impulsionada pelos preços (de fertilizantes) que caíram em dólares. É uma combinação de fatores que levou o produtor a fixar (contratar)", disse à Reuters, no fim de agosto, o diretor-presidente da Fertilizantes Heringer, uma das maiores empresas do setor no país, Dalton Carlos Heringer.

No acumulado de oito meses, as entregas no Brasil somam 20,45 milhões de toneladas, alta de 10,3 por cento ante 2015 e de 3,2 por cento ante mesmo período em 2014.

(Por Gustavo Bonato)