S&P vai monitorar impacto de operação Greenfield sobre J&F e subsidiárias JBS e Eldorado Brasil

quarta-feira, 14 de setembro de 2016 17:29 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A agência de classificação de risco Standard & Poor's afirmou nesta quarta-feira que vai monitorar os impactos da operação Greenfield da Polícia Federal sobre a holding da família Batista J&F Investimentos e suas subsdiárias JBS (JBSS3.SA: Cotações) e Eldorado Brasil Celulose.

A operação foi deflagrada na semana passada tendo como alvo suspeitas de irregularidades em fundos de pensão de estatais. A investigação envolveu J&F e Eldorado, cujos principais executivos Wesley e Joesley Batista chegaram a ser proibidos pela Justiça de comandarem empresas. Os irmãos foram liberados da restrição na terça-feira, depois que a J&F aceitou apresentar garantia financeira de 1,5 bilhão de reais. [nE6N19003N]

"As implicações das investigações e o prazo para resolução são atualmente incertos. Dessa forma, continuaremos monitorando o impacto nas empresas", afirmou a S&P em comunicado à imprensa.

"Especificamente, realizaremos uma ação de rating negativa se observarmos restrições no acesso a financiamentos em razão de riscos reputacionais", acrescentou a agência.

Por ora, a S&P decidiu que as notas de crédito das companhias "não são imediatamente afetadas por investigação de executivos".

A agência tem nota de B+ para J&F, BB para a JBS e B+ para a Eldorado.

(Por Alberto Alerigi Jr.)