Otimismo com vendas de iPhone levam ações da Apple para máxima em 2016

quarta-feira, 14 de setembro de 2016 20:32 BRT
 

SAN FRANCISCO (Reuters) - As ações da Apple atingiram a máxima de 2016 nesta quarta-feira, com seu valor de mercado superando os 600 bilhões de dólares pela primeira vez desde abril, e Wall Street apostando que o mais recente iPhone ajudará nas vendas.

Alimentados por relatos de fortes encomendas do iPhone 7 em operadoras de telefonia móvel norte-americanas, assim como o amplamente divulgado recall dos smartphones Galaxy Note 7, da rival Samsung, as ações da Apple subiram 4,7 por cento, para 113,03 dólares, um ganho de 10 por cento nos últimos três dias.

Sua capitalização de mercado alcançou quase 607 bilhões de dólares, ante 535 bilhões de dólares da Alphabet e 440 bilhões da Microsoft.

Após ter despencado para uma mínima de dois anos em julho, em que administradores de portfólios descreveram a Apple como uma ação de valor alto e não mais uma peça de crescimento, as ações da empresa mais valiosa do mundo listada em bolsa se recuperaram 25 por cento.

Na terça-feira, a Sprint disse que as encomendas do iPhone 7 subiram quase quatro vezes ante as do iPhone do ano passado. A T-Mobile disse que as encomendas subiram quase quatro vezes ante as do próximo iPhone mais popular.

Detalhes específicos sobre as vendas do novo iPhone são escassos após a Apple ter anunciado na semana passada que não divulgaria as vendas de fim de semana, dizendo que o número era um resultado mais relacionado à oferta do que à demanda.

(Por Noel Randewich)