Moagem de cana no centro-sul recua na 2ª quinzena de agosto, diz Unica

quinta-feira, 15 de setembro de 2016 10:59 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - As usinas de cana do centro-sul do Brasil desaceleraram o processamento de cana e a produção de açúcar na segunda metade de agosto, com volumes que ficaram abaixo da expectativa do mercado, segundo relatório divulgado nesta quinta-feira pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica).

As empresas da região processaram 38,31 milhões de toneladas na segunda quinzena de agosto, ante 44,8 milhões na primeira metade do mês, e abaixo da previsão de 40,24 milhões de toneladas da expectativa média de analistas.

No açúcar, o centro-sul do Brasil produziu 2,54 milhões de toneladas, ante 2,97 milhões na primeira metade do mês e abaixo da previsão do mercado de 2,67 milhões de toneladas.

As usinas produziram 1,71 bilhão de litros de etanol na segunda metade de agosto, ante 1,93 bilhão de litros na quinzena anterior e 1,81 bilhão da previsão média de analistas.

As estatísticas da Unica continuam mostrando que as usinas têm priorizado a produção de açúcar, em um cenário de preços internacionais valorizados. A proporção de cana destinada ao açúcar ficou em 47,84 por cento na segunda quinzena de agosto, ante 43,2 por cento no mesmo período de 2015.

No acumulado da safra 2016/17, o centro-sul já processou 393,66 milhões de toneladas de cana, alta de 6,35 por cento ante o mesmo período de 2015/16.

A produção acumulada de açúcar atingiu 22,42 milhões de toneladas (alta anual de 17 por cento) e a de etanol somou 16,46 bilhões de litros (recuo de 0,1 por cento).

(Por Gustavo Bonato e Reese Ewing)