Construtora Viver é alvo de 2ª execução judicial na semana

quinta-feira, 15 de setembro de 2016 17:55 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A construtora Viver VIVR3.SA informou nesta quinta-feira que foram ajuizadas execuções judiciais contra a companhia no valor de cerca de 15 milhões de reais.

A empresa afirmou em comunicado que "está avaliando as alternativas estratégicas para lidar com tais demandas, assim como as providências legais cabíveis para a defesa da companhia de forma a preservar os interesses de seus acionistas e promover a continuidade operacional".

Na segunda-feira, a Viver tinha informado a execução de garantias das Cédulas de Crédito Imobiliário, envolvendo duas propriedades em Sumaré, interior paulista, que resultou numa baixa no ativo da companhia de 18,5 milhões de reais.

(Por Aluisio Alves)