Mercados europeus fecham na mínima de 6 semanas com perdas do Deutsche Bank

sexta-feira, 16 de setembro de 2016 14:49 BRT
 

MILÃO/LONDRES (Reuters) - Os mercados europeus fecharam na mínima de seis semanas nesta sexta-feira, com o Deutsche Bank pressionando as ações do setor bancário após afirmar que o governo dos Estados Unidos está exigindo 14 bilhões de dólares para resolver um caso envolvendo hipotecas.

O índice de principais ações europeias FTSEurofirst 300 caiu 0,79 por cento, a 1.328 pontos. O índice pan-europeu STOXX 600 teve queda de 0,74 por cento, a 337 pontos, menor nível de fechamento desde 4 de agosto.

Após recuar 1,4 por cento na semana anterior, o índice perdeu 2,2 por cento esta semana, registrando a o maior declínio semanal desde meados de junho.

As ações do Deutsche Bank cairam 8,47 por cento uma vez que a notícia de que o Departamento de Justiça dos Estados Unidos pediu 14 bilhões de dólares para encerrar uma investigação sobre venda de títulos lastreados por hipotecas levantou preocupações sobre uma possível alta de capital.

O índice bancário europeu perdeu 2,1 por cento, com perdas no Royal Bank of Scotland, Credit Suisse e UBS.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,30 por cento, a 6.710 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 1,49 por cento, a 10.276 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,93 por cento, a 4.332 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 2,43 por cento, a 16.192 pontos.   Continuação...