Expectativas para economia apresentam leve melhora, projeção para juro fica inalterada

segunda-feira, 19 de setembro de 2016 10:08 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - As expectativas para a economia neste e no próximo ano apresentaram leve melhora na pesquisa Focus do Banco Central, enquanto o cenário para a política monetária no final de 2016 e 2017 permaneceu inalterado.

O levantamento com uma centena de economistas mostrou nesta segunda-feira que a projeção para a taxa básica de juros no fim deste ano continuou pela quinta semana seguida em 13,75 por cento, e para 2017 em 11 por cento.

Para a reunião de outubro do Comitê de Política Monetária (Copom), não há mudança na expectativa de que a Selic será mantida em 14,25 por cento, patamar em que está há mais de um ano. O BC vem deixando claro que a política monetária não depende de um único fator.

O grupo de economistas que mais acerta as previsões, o Top-5, também não mudou a visão de que a Selic terminará este ano a 13,75 por cento e 2017 a 11,25 por cento.

Ao mesmo tempo, a visão dos economistas sobre a economia melhorou, vendo contração do Produto Interno Bruto (PIB) este ano de 3,15 por cento, ante queda de 3,18 por cento anteriormente.

A recuperação esperada em 2017 é de 1,36 por cento, melhor do que a taxa de crescimento de 1,30 por cento projetada antes.

Sobre a inflação, a estimativa de alta do IPCA em 2016 agora é de 7,34 por cento, 0,02 ponto percentual a menos do que no levantamento anterior. Já para o ano que vem a projeção de avanço permanece em 5,12 por cento.

(Por Camila Moreira)

 
Sede do Banco Central, em Brasília.   09/12/2015        REUTERS/Ueslei Marcelino