Bovespa se afasta de máximas, mas fecha no azul de olho no exterior

segunda-feira, 19 de setembro de 2016 17:50 BRT
 

Por Flavia Bohone

SÃO PAULO (Reuters) - A Bovespa encerrou os negócios desta segunda-feira com seu principal índice no azul, mas longe das máximas da sessão, acompanhando o mercado externo, enquanto investidores aguardam decisões de política monetária nos Estados Unidos e no Japão na quarta-feira.

O Ibovespa subiu 0,47 por cento, a 57.350 pontos, após ter avançado 1,7 por cento e superado os 58 mil pontos na máxima do dia.

O volume financeiro foi de 7,59 bilhões de reais, ampliado pelo exercício de opções sobre ações na primeira parte dos negócios, que movimentou 2,27 bilhões de reais.

O Ibovespa se afastou das máximas da sessão após o arrefecimento do bom humor externo que levou o S&P 500 a fechar estável.

DESTAQUES

- VALE PNA subiu 2,15 por cento e VALE ON teve ganho de 1,52 por cento, em linha com ações de outras mineradoras no exterior, tendo como pano de fundo comentários do Credit Suisse mais favoráveis sobre o setor.

  Continuação...