Petrobras diz que, com maior eficiência, redução de investimento não impacta metas

terça-feira, 20 de setembro de 2016 15:20 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Petrobras afirmou que a maior eficiência na aplicação dos recursos investidos e medidas de redução de custos possibilitarão a redução do volume de investimento sem grande impacto nas metas operacionais de produção.

Em seu plano de negócios para 2017-2021, a Petrobras reduziu em 25 por cento os investimentos em relação ao Plano de Negócios e Gestão 2015-2019, revisado em janeiro deste ano.

A companhia espera alcançar uma produção total de óleo e gás, no Brasil e no exterior, de 3,41 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boed) em 2021, sendo 2,77 milhões de barris por dia (bpd) de óleo e líquido de gás natural (LGN) no Brasil, já considerando o novo nível de investimento, as parcerias e os desinvestimentos.

No plano anterior, a estatal previa produção de 2,7 milhões de barris por dia, em média, em 2020.

Além da maior eficiência na aplicação dos recursos investidos, o plano também prevê a adoção de novas medidas para redução de custos (gastos operacionais gerenciáveis).

"Dentre essas ações destaca-se a implantação de novas ferramentas de gestão, como o Orçamento Base Zero (OBZ), a gestão diferenciada de contratos e de pessoal. A meta é reduzir em 18 por cento os gastos operacionais gerenciáveis, quando comparado ao valor estimado caso nenhuma iniciativa fosse implementada."

(Por Roberto Samora)

 
Sede da Petrobras no Rio de Janeiro, Brasil
21/03/2016  REUTERS/Sergio Moraes