Bradesco faz acordo e oferece garantia de até R$104 mi na operação Greenfield

terça-feira, 20 de setembro de 2016 15:17 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Bradesco informou nesta terça-feira que acertou um termo de compromisso com a Justiça do Distrito Federal para a oferta de garantias de até 104 milhões de reais relacionada à operação Greenfield, da Polícia Federal.

O acordo foi acertado com a 10ª Vara Federal do Distrito Federal e "visa a liberar as medidas constritivas de bens ... ressalvando que sua assinatura não significa o reconhecimento de qualquer responsabilidade civil ou criminal por parte das empresas e seus administradores", afirmou o Bradesco em comunicado ao mercado.

A operação Greenfield foi lançada no começo do mês e envolveu uma série de empresas e gestores de fundos de investimento. O objetivo foi investigar suspeita de fraude nos fundos de pensão Previ, Petros, Postalis e Funcef. Como parte da operação, houve bloqueio de 8 bilhões de reais e determinação para que executivos citados se afastassem de gestão de empresas ou atuação no mercado de capitais.

No caso do Bradesco, a operação citou a corretora BEM e a gestora de ativos BRAM, por terem "no passado, exercido a administração e gestão do fundo de investimento Enseada", afirmou o grupo financeiro no comunicado.

As ações do Bradesco tinham alta de 1,2 por cento às 10h33, enquanto o Ibovespa mostrava valorização de 0,8 por cento.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

 
Logo do Banco Bradesco em agência no centro financeiro de Osasco, Brasil
03/08/2015  REUTERS/Paulo Whitaker/File Photo