Setores de mineração e bancos impulsionam mercados europeu

quarta-feira, 21 de setembro de 2016 14:15 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Os mercados europeus atingiram a máxima de uma semana nesta quarta-feira, antes do comunicado da reunião do Federal Reserve, banco central norte-americano, com os bancos ganhando depois de uma revisão da política do Banco do Japão elevar os ativos de risco global.

O índice de principais ações europeias FTSEurofirst 300 subiu 0,38 por cento, a 1.347 pontos. O índice pan-europeu STOXX 600 teve alta de 0,43 por cento, a 342 pontos, depois de atingir os 344 pontos durante a sessão, o seu nível mais alto desde 09 de setembro, ajudado pela alta do setor financeiro.

Os bancos da zona do euro ganharam 1,96 por cento, o melhor ganho percentual de um dia em um mês. O espanhol Banco Popular subiu 9,12 por cento depois de informar que vai cortar cerca de 300 agências bancárias, como parte de um plano de reestruturação.

Os mercados europeus se inspiravam nos mercados asiáticos, que receberam bem a decisão do Banco do Japão de adotar uma meta para a taxa de juros de longo prazo. Os investidores também aguardavam a decisão do Federal Reserve sobre os juros, cuja expectativa é de que devem ficar inalterados. [L2N1BX0B3]

O setor de mineração também teve alta depois que os preços do ouro e do alumínio se elevaram. As ações da Anglo American, da Fresnillo, da Rio Tinto e da Randgold Resources avançaram.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,06 por cento, a 6.834 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,41 por cento, a 10.436 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,48 por cento, a 4.409 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,88 por cento, a 16.349 pontos.   Continuação...