Brasil anuncia exportações agrícolas para Índia; BRF avalia investimento, diz governo

quarta-feira, 21 de setembro de 2016 14:41 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Brasil deve começar a exportar maçãs, ovos e pintos de um dia para a Índia, informou nesta quarta-feira o Ministério da Agricultura brasileiro, após encontro do ministro Blairo Maggi com autoridades em Nova Délhi que discutiu também investimentos da empresa de alimentos BRF no país asiático.

Segundo nota do ministério, em encontro com seu colega indiano Radha Mohan Singh, Maggi também deu um passo importante para a liberação da exportação brasileira de carne suína para a Índia, "que agora depende apenas de ajustes finais".

Em reunião de Maggi e da missão que o acompanha na Índia com a ministra indiana da Indústria de Alimentos Processados, Harsimrat Kaur Badal, "representantes da BRF anunciaram que estudam investimentos numa planta para processamento de carne de frango na Índia", disse o ministério em comunicado.

Procurada, a assessoria de imprensa da BRF, maior exportadora global de carne de frango, disse que vai verificar a informação e responderá o sobre o assunto o quanto antes.

O governo brasileiro informou ainda que ficou acertado que os ministérios da Agricultura do Brasil e da Índia vão criar um grupo de trabalho para elencar as suas prioridades no comércio do agronegócio.

"Os países membros do Brics (bloco formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) precisam se entender cada vez mais, a fim de priorizar o comércio de alimentos. A comida é uma garantia de paz para nossos países", disse Maggi, acrescentando que o Brics deveria ter preferência para entrada nos países do bloco.

Já o ministro indiano disse, segundo a nota, que seu país quer exportar para o Brasil cebola, uvas, arroz, milho, soja e óleo de rícino. Blairo prometeu priorizar o pedido do colega, ainda que o Brasil também seja o maior exportador global de soja e o segundo de milho.

Em março de 2017, Blairo deve voltar à Índia a convite da ministra Badal para participar Feira Mundial de Alimentos Processados. Ela também pediu que o ministro leve uma missão de empresários brasileiros.

(Por Roberto Samora)

 
Frangos são fotografas em granja na cidade de Lapa, Paraná 
31/05/2016 REUTERS/Rodolfo Buhrer