BNDES vai manter condições de financiamento para leilão de energia de reserva

quinta-feira, 22 de setembro de 2016 19:45 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou nesta quinta-feira a manutenção das condições de financiamento para investimentos dos vencedores do 10º Leilão de Energia de Reserva.

Previsto para acontecer em 23 de setembro, o leilão contratará energia proveniente de hidrelétricas e de pequenas centrais hidrelétricas (PCHs).

"A divulgação antecipada das condições de apoio permite aos participantes do leilão dimensionar melhor seus custos, com base nos juros e prazos definidos para o financiamento", afirmou o BNDES, em nota.

O valor mínimo do financiamento será de 20 milhões de reais. A participação máxima do BNDES será de 70 por cento dos itens financiáveis, com prazo de amortização de até 20 anos.

O juro será a TJLP, taxa mais barata do mercado, hoje de 7,5 por cento ao ano. À ela é acrescida a remuneração do BNDES, de 1,5 por cento ao ano, e a taxa de risco de até 3,37 por cento.

(Por Aluisio Alves)