Venda da NTS não afeta contratos vigentes de transporte de gás, diz Petrobras

sexta-feira, 23 de setembro de 2016 12:43 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Os contratos para o transporte de gás da Petrobras pela Nova Transportadora Sudeste (NTS), cujo controle foi vendido para consórcio liderado pela Brookfield Asset Management, começam a vencer a partir de 2025, disse nesta sexta-feira o gerente-executivo de Gás Natural, Rodrigo Costa.

O consórcio chegou a um acordo com a Petrobras para comprar 90 por cento da unidade de gasodutos da estatal, em negócio de aproximadamente 5,2 bilhões de dólares, anunciado nesta sexta-feira. Segundo Costa, a venda não afetará os contratos vigentes.

(Por Marta Nogueira e Jeb Blount)