São Paulo perde 2,9 milhões de plantas cítricas no 1º semestre de 2016, diz governo

sexta-feira, 23 de setembro de 2016 19:53 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O cinturão agrícola do Estado de São Paulo, maior produtor de suco de laranja no país, perdeu cerca de 2,9 milhões de plantas cítricas no primeiro semestre de 2016, segundo dados divulgados nesta sexta-feira pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de SP.

Produtores eliminaram 7,09 milhões de plantas cítricas e plantaram e replantaram 4,1 milhões de pés no período. Atualmente, o parque conta com 180,2 milhões de plantas.

Segundo motivos relatados por produtores, cerca de 2 milhões de plantas foram eliminadas devido ao greening, doença provocada por uma bactéria que ataca plantas cítricas, e 28 mil por apresentarem sintomas do cancro cítrico.

Outras 1,5 milhão de unidades foram eliminadas devido à mudança na atividade, bem como 558 mil que foram retiradas por conta da reforma da lavoura. Outras 3 milhões de plantas eliminadas não tiveram seu motivo justificado.

(Por Laís Martins; Edição de Gustavo Bonato)