Irã minimiza chance de acordo de produção durante encontro de produtores na Argélia

segunda-feira, 26 de setembro de 2016 16:52 BRT
 

ARGEL (Reuters) - O Irã minimizou nesta segunda-feira as chances de produtores integrantes e não associados da Opep de chegarem a um acordo de contenção da produção na Argélia nesta semana, embora diversos outros produtores do grupo tenham dito que ainda esperam medidas para solucionar um acúmulo de produto que derrubou os preços do petróleo.

Os preços do petróleo caíram pela metade dos níveis de 2014 devido ao excesso de oferta, levando produtores da Opep e a rival Rússia a buscarem um reequilíbrio de mercado que iria impulsionar a receita das exportações de petróleo e ajudar seus orçamentos.

A ideia predominante entre produtores desde o início de 2016 é de concordar sobre um congelamento de produção, embora observadores do mercado tenham dito que tal medida falharia em reduzir os barris indesejados.

Fontes disseram à Reuters na última semana que a Arábia Saudita se ofereceu para reduzir sua produção se o Irã concordar a um congelamento, uma mudança na posição de Riad, uma vez que o reino havia se negado anteriormente a discutir cortes na produção.

À medida que as delegações se reúnem em Argel, o ministro do petróleo iraniano disse que as expectativas devem ser modestas.

"Essa é uma reunião de consultas e isso é tudo que deveríamos esperar dela", teria dito o ministro segundo o serviço de notícias do ministério do petróleo SHANA antes de deixar Teerã. "As conversas entre os membros da Opep podem ser usadas para a cúpula da Opep em Viena em novembro."

(Por Dmitry Zhdannikov)