Confiança do consumidor no Brasil tem em setembro maior nível desde início de 2015, diz FGV

terça-feira, 27 de setembro de 2016 08:09 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A confiança do consumidor do Brasil melhorou em setembro com o avanço das expectativas e chegou ao maior nível desde o início do ano passado, de acordo com dados da Fundação Getulio Vargas divulgados nesta terça-feira.

Com alta de 1,3 ponto, o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) chegou a 80,6 pontos em setembro, nível mais alto desde janeiro de 2015 (81,2 pontos).

Enquanto o Índice de Expectativas (IE) avançou 3,2 pontos e foi a 90,1, o Índice da Situação Atual (ISA) recuou 1,3 ponto e chegou a 68,2 ponto.

"O descolamento recorde entre o ISA e IE mostra que, mesmo após seis meses de melhora gradual das expectativas, a demora para que ocorra uma efetiva recuperação do mercado de trabalho ou da situação financeira das famílias vem levando à sustentação de uma postura cautelosa por parte do consumidor", disse Viviane Seda Bittencourt, Coordenadora da Sondagem do Consumidor.

O governo vem destacando a retomada da confiança como fator decisivo no processo de recuperação econômica da forte recessão pela qual o país passa, e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, vem afirmando que a melhora já está em curso.

(Por Camila Moreira)