Mercados europeus têm leve alta com recuperação do Deutsche Bank das mínimas

terça-feira, 27 de setembro de 2016 14:25 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Os mercados europeus tiveram alta nesta terça-feira, após uma sessão volátil em que o Deutsche Bank se recuperou de mínimas recordes com a expectativa de que a exigência dos Estados Unidos de 14 bilhões de dólares para encerrar uma investigação sobre a venda de títulos lastreados por hipotecas pode ser reduzida.

O índice de principais ações europeias FTSEurofirst 300 teve alta de 0,06 por cento, a 1.339 pontos. O índice pan-europeu STOXX 600 também subiu 0,06 por cento, a 340 pontos, uma vez que ganhos em papéis de consumo como a Nestlé foram compensados pelos preços mais fracos do petróleo.

O Deutsche Bank terminou estável após cair 3,4 por cento mais cedo na sessão, com preocupações de que ele pode precisar dos investidores para levantar fundos para pagar o caso de hipotecas e outros litígios.

Os operadores disseram que as ações se recuperaram graças a observações feitas por um funcionário do Departamento de Justiçados dos EUA sobre a possibilidade de baixar as sanções relacionadas com as hipotecas para bancos se eles cooperarem com as autoridades.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,15 por cento, a 6.807 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,31 por cento, a 10.361 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,21 por cento, a 4.398 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,36 por cento, a 16.134 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,27 por cento, a 8.688 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 1,01 por cento, a 4.520 pontos.

(Por Danilo Masoni)