Chuvas podem limitar produção de trigo da Austrália em 2016

terça-feira, 27 de setembro de 2016 19:10 BRT
 

SYDNEY (Reuters) - A produção de trigo da Austrália provavelmente vai ficar aquém das estimativas oficiais de volumes quase recordes, com fortes chuvas afetando lavouras no leste do quarto maior exportador do mundo do cereal, afirmaram agricultores e analistas esta terça-feira.

A costa leste do país deverá receber até 100 milímetros de chuva ao final desta semana e há condições para um tempo mais úmido do que a média até novembro, de acordo com previsões da meteorologia.

Essas chuvas piorariam a situação após precipitações quase recordes no início de setembro, disseram agricultores, com danos registrados em New South Wales, principalmente na região centro-oeste do Estado.

"Estamos começando a ver algumas perdas de colheitas depois de ter ficado muito úmido por muito tempo", disse Dan Cooper, um agricultor de Caragabal, a 460 quilômetros a oeste de Sydney.

"Temos tido bastante sorte, mas provavelmente perdemos 5 por cento das nossas lavouras de trigo."

A costa leste da Austrália produz trigo com alto teor de proteína, o que significa que perdas na produção limitariam a oferta desse tipo de grão.

Uma produção menor que a esperada na Austrália poderia sustentar os preços globais de referência, que no início deste mês atingiram uma mínima de dez anos devido à ampla oferta global.

A Austrália prevê oficialmente um crescimento de mais de 14 por cento na safra de trigo de 2016, para 28,1 milhões de toneladas, o que seria o segundo maior volume já registrado.

"Há um risco para estimativas de produção", disse Phin Ziebell, economista agrícola da National Australia Bank.

(Por Colin Packham)

((Tradução Redação São Paulo 55 11 56447751)) REUTERS RS