BlackBerry deixa fabricação de smartphones com plano de terceirização

quarta-feira, 28 de setembro de 2016 15:21 BRT
 

TORONTO (Reuters) - A BlackBerry irá terceirizar o desenvolvimento e design de seus smartphones, uma categoria de produtos em que foi pioneira, com a empresa canadense apostando em softwares e gerenciamento de dispositivos rivais, disse a companhia nesta quarta-feira.

As ações da empresa avançavam mais de 5 por cento, com investidores saudando um afastamento da deficitária unidade de dispositivos, em que a BlackBerry passou de líder de mercado para uma posição bem atrás de rivais como a Apple

As notícias surgiram com a companhia noticiando uma queda mais acentuada que o esperado na receita trimestral.

Embora já ocorresse alguma terceirização de fabricação, a companhia completará a transição completa para fora do negócio de hardwares no fechamento do ano fiscal, que acaba em fevereiro, disse o presidente-executivo, John Chen. A empresa irá, em vez disso, obter uma parte em dispositivos vendidos por parceiros.

A companhia assinou um acordo com a BB Merah Putih, da Indonésia, para produzir, distribuir e promover os aparelhos da marca naquele país, seu maior mercado para dispositivos. A BlackBerry disse que também estava no estágio final de negociações para um acordo similar na China e trabalhando em várias iniciativas na Índia.

A BlackBerry disse que a receita de serviços e softwares foi de 156 milhões de dólares no segundo trimestre encerrado em 31 de agosto, ante 105 milhões do negócio de dispositivos.

(Por Alastair Sharp e Allison Martell)