Opep alcança acordo para limitar produção de petróleo; preços fecham em alta de mais de 5%

quarta-feira, 28 de setembro de 2016 16:58 BRT
 

ARGEL/NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo fecharam em alta de mais de 5 por cento nesta quarta-feira, após notícia de que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) alcançou acordo nesta quarta-feira para reduzir sua produção para 32,5 milhões de barris por dia (bpd), ante os atuais níveis de produção de cerca de 33,24 milhões de barris por dia.

Segundo duas fontes da Opep disseram à Reuters, o grupo produtor vai acertar níveis concretos de produção para cada país em sua próxima reunião formal em novembro, disseram as fontes.

Uma fonte também disse que, uma vez que as metas de produção forem atingidas, a Opep vai buscar cooperação de produtores de fora do grupo.

O petróleo Brent fechou em alta de 5,92 por cento, a 48,69 dólares por barril, enquanto o petróleo WTI, negociado nos Estados Unidos, subiu 5,33 por cento, encerrando a 47,05 dólares o barril.

"Isso foi inesperado, com certeza. Ninguém que eu conheço viu isso acontecendo. O mercado não parece estar posicionado para isso. Os fundamentos dos EUA já estão mais apertados do que nós esperávamos, e deve ficar mais apertado", disse Scott Shelton, corretor do setor de energia e especialista em commodities da ICAP em Durham, na Carolina do Norte.

(Por Barani Krishnan e Equipe da Opep)

 
Funcionário trabalha em campo petrolífero no Estado venezuelano de Anzoategui. 16/4/2015.  REUTERS/Carlos Garcia Rawlins