Grupo militante nigeriano reivindica ataque a oleoduto no Delta do Níger

quinta-feira, 29 de setembro de 2016 10:33 BRT
 

Por Tife Owolabi

YENAGOA, Nigéria (Reuters) - Um grupo militante nigeriano reivindicou nesta quinta-feira a autoria de um ataque contra um oleoduto operado pela petroleira estatal NNPC na região do Delta do Níger.

Ataques contra instalações petrolíferas da Nigéria cometidos por grupos que cobram que a região do Delta receba uma parcela maior dos recursos por parte do país-membro da Opep têm provocado uma redução de até um terço na produção de petróleo do país, que era de 2,1 milhões de barris por dia no início do ano.

O grupo Mandato de Justiça sobre as Terras Verdes do Delta do Níger disse que bombardeou a linha de distribuição de petróleo Unenurhie-Evwreni em Ughelli, um Estado do Delta, por volta de 1h da manhã (horário local) desta quinta. O duto é operado pela NPDC, uma subsidiária da NNPC.

Uma fonte da área militar disse que houve utilização de dinamite para explodir o oleoduto. Não foi possível contactar de imediato um porta-voz da NNPC.

(Por Ulf Laessing e Alexis Akwagyiram)

 
Ponte vista na região do Delta do Níger, na Nigéria.   08/10/2015            REUTERS/Akintunde Akinleye