Índice europeu termina estável com farmacêuticas ofuscando alta do petróleo

quinta-feira, 29 de setembro de 2016 14:23 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O índice pan-europeu STOXX 600 fechou estável nesta quinta-feira, com as perdas entre as farmacêuticas compensando os ganhos do setor de energia após acordo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) para reduzir a produção, enquanto o Commerzbank caiu após o banco alemão congelar os pagamentos de dividendos.

O índice de principais ações europeias FTSEurofirst 300 teve alta de 0,13 por cento, a 1.350 pontos. O índice pan-europeu STOXX 600 teve variação positiva de 0,04 por cento, a 342 pontos.

O índice de petróleo e gás europeu subiu 4,3 por cento e teve seu melhor dia em sete meses. A Tullow Oil saltou 9,8 por cento, com alta também da ​​Royal Dutch Shell, Total e Eni.

O Commerzbank caiu 3,1 por cento após o banco alemão dizer que vai cortar mais de um quinto de sua força de trabalho e suspender seu dividendo.

A Novo Nordisk caiu 3,5 por cento, atingindo a mínima de 19 meses, após a maior fabricante mundial de insulina dizer que está cortando empregos como parte de um plano para reduzir custos.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 1,02 por cento, a 6.919 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,31 por cento, a 10.405 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,26 por cento, a 4.443 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,72 por cento, a 16.338 pontos.   Continuação...