IGC reduz previsão para safra mundial de milho 16/17 e eleva previsão para trigo

quinta-feira, 29 de setembro de 2016 17:10 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O Conselho Internacional de Grãos (IGC, na sigla em inglês) reduziu nesta quinta-feira sua previsão para a safra mundial de milho na temporada 2016/17, refletindo revisões negativas para a China e União Europeia.

O órgão intergovernamental colocou a produção de milho em um recorde de 1,027 bilhões de toneladas, 3 milhões de toneladas abaixo de sua previsão anterior, mas ainda acima das 970 milhões de toneladas da temporada anterior.

"Clima excessivamente seco afetou as perspectivas de safra de milho na UE e na China", disse o IGC em relatório mensal, reduzindo sua previsão para a safra da China em 2 milhões de toneladas, para 217 milhões de toneladas, e a produção da UE em 2,1 milhões, para 59,5 milhões de toneladas.

O IGC elevou sua previsão para a produção global de trigo em 2016/17 em 4 milhões de toneladas para um recorde de 747 milhões de toneladas, acima da previsão anterior de 736 milhões.

"As previsões para o trigo foram de novo reduzidas para a UE, mas isso será compensado por aumentos nas previsões da Austrália, Canadá, China e Cazaquistão", disse o IGC.

O maior aumento foi na previsão da China, maior produtora de trigo do mundo, que agora deve ter uma safra de 128 milhões de toneladas, ante uma previsão anterior de 126 milhões, mas ainda abaixo dos 130,2 milhões de toneladas da safra anterior.

(Por Nigel Hunt)

((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447765))

    REUTERS LM RS