Índices caem acentuadamente por preocupações com bancos

quinta-feira, 29 de setembro de 2016 17:58 BRT
 

(Reuters) - Os principais índices acionários dos Estados Unidos caíram nesta quinta-feira, pressionados pela Apple, assim como uma venda de ações de Wells Fargo, Citigroup e outros grandes bancos, com investidores preocupados com a saúde do Deutsche Bank.

O índice financeiro do S&P 500 caiu 1,49 por cento após a Bloomberg noticiar que alguns fundos de hedge retiraram excesso de recurso e posições mantidas na instituição financeira alemã.

As crescentes preocupações sobre a estabilidade do maior banco da Alemanha pressionaram suas ações para mínimas recordes e seus papeis listados nos EUA caíram 6,7 por cento nesta quinta-feira.

"Esta história do Deutsche Bank está jogando uma sombra muito grande nos mercados acionários", disse o estrategista de mercados sênior do Global Markets Advisory Group, Peter Kenny. "Em alguns pontos, isto remete aos temores sobre grandes bancos centralizadores de dinheiro tendo problemas graves e a última vez que tivemos estas conversas foi na crise financeira".

O índice Dow Jones caiu 1,07 por cento, para 18.143 pontos no fechamento, sua queda mais acentuada desde 13 de setembro.

O S&P 500 perdeu 0,93 por cento, encerrando a 2.151 pontos e o Nasdaq Composite recuou 0,93 por cento, a 5.269 pontos.

As ações da Apple caíram 1,55 por cento após o Barclays cortar o preço-alvo para a ação.

(Por Noel Randewich; reportagem adicional por Chuck Mikolajczak e Yashaswini Swamynathan)