Justiça do RJ determina devolução de R$145,6 mi à Petrobras desviados de contratos da SBM

quinta-feira, 29 de setembro de 2016 21:06 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras informou que a Justiça do Rio de Janeiro determinou nesta quinta-feira o depósito de 145,6 milhões de reais na conta da empresa referentes a valores repatriados de contas na Suíça controladas por Julio Faerman, ex-representante da empresa holandesa SBM Offshore no Brasil.

Faerman fechou acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal no Estado, após ser acusado de operar propinas em contratos da Petrobras desde 1997. O valor citado equivale a 80 por cento do total repatriado, afirmou a petrolífera.

A decisão será publicada no Diário Oficial nos próximos dias. Além do montante citado, a empresa disse já ter recuperado na justiça 309 milhões de reais desviados em corrupção.

(Por Rodrigo Viga Gaier)