Plantio da soja no Brasil atinge 5% da área prevista, diz AgRural

sexta-feira, 30 de setembro de 2016 19:04 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O plantio de soja para a safra 2016/17 no Brasil alcançou 5 por cento da área estimada, ante 3 por cento no mesmo período em 2015, informou a consultoria AgRural nesta sexta-feira.

Apesar do índice acima do ano passado e do histórico de cinco anos, as chuvas abaixo da média em alguns Estados preocupam, como no Paraná, onde produtores esperam precipitações para a próxima semana, disse a consultoria.

Em Mato Grosso, principal produtor de grãos no país, que teve atraso no plantio no ano passado em razão da falta de umidade, o cenário para este ano é positivo, uma vez que o Estado tem recebido chuvas em algumas regiões.

O plantio de soja chegou a 6 por cento em Mato Grosso, ante 2 por cento no mesmo período no ano passado.

Já no Paraná, a estimativa é que o plantio alcançou 17 por cento, ante 16 por cento no mesmo período em 2015.

A AgRural também fez pequenos ajustes em relação à estimativa anterior, divulgada em 29 de julho, para a área de plantio. A estimativa ficou em 33,52 milhões de hectares, ante 33,54 milhões no relatório passado. Na colheita, estimou 100,6 milhões de toneladas, mesmo volume previsto em julho.

Segundo a consultoria, dois fatores estão pesando sobre a área de plantio da soja: o aumento da área de milho verão na região Sul do país e a dificuldade que produtores estão enfrentando para obter crédito nas regiões de fronteira, como no Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia).

A área do milho verão no centro-sul do Brasil deve crescer para 3,38 milhões de hectares na safra 2016/17, alta de 6,8 por cento, segundo a AgRural. Em julho a previsão era de plantio de 3,404 milhões de hectares na região.

A alta de preços no primeiro semestre levou alguns produtores a plantarem milho em áreas de originalmente destinadas à soja.   Continuação...