Volkswagen vai pagar US$1,21 bi para por fim a processo movido por concessionárias nos EUA

sexta-feira, 30 de setembro de 2016 20:57 BRT
 

Por David Shepardson

WASHINGTON (Reuters) - A Volkswagen (VOWG_p.DE: Cotações) confirmou nesta sexta-feira que vai pagar 1,21 bilhão de dólares a 652 concessionárias da marca nos Estados Unidos como parte do acordo de 16,5 bilhões de dólares para por fim a processos por fraudar o sistemas de emissão de poluentes de veículos a diesel.

As concessionárias vão receber ao longo dos próximos 18 meses uma média de 1,8 milhão de dólares cada, segundo o acordo anunciado em agosto.

Em separado, o Departamento de Justiça dos EUA, a Federal Trade Commission e advogados dos donos de 475 mil carros a diesel apresentaram documentos pedindo a um juiz federal para conceder um aval final para ofertas de recompra dos veículos ou correção do problema, em audiência marcada para o dia 18 de outubro.

A empresa, que foi impedida de vender veículos a diesel no país desde o fim de 2015, disse no início do mês que é incerto se voltará a vender veículos a diesel nos EUA novamente.

A Volkswagen ainda enfrenta bilhões de dólares em multas potenciais nos EUA por violar leis de emissões de poluentes, bem como ter que recomprar 85 mil veículos equipados com motores 3.0 a diesel, se não puder convencer os reguladores de que os defeitos podem ser corrigidos.

A VW admitiu ter instalado softwares que desativavam controles de poluição em mais de 11 milhões de veículos a diesel vendidos no mundo.

(Reportagem de David Shepardson)

((Tradução Redação São Paulo; + 55 11 5644-7712))

REUTERS AAP RBS