El Cajon, na Califórnia, tem 5º dia de protestos após polícia matar homem negro

sábado, 1 de outubro de 2016 17:45 BRT
 

EL CAJON (Reuters) - Aproximadamente 200 manifestantes marcharam pelo centro de El Cajon, na Califórnia, neste sábado, no quinto dia de protestos contra a ação da polícia, que atirou em um homem negro desarmado em um encontro capturado em vídeo.

A última marcha no subúrbio de San Diego aconteceu um dia depois de a polícia divulgar dois vídeos do disparo, na terça-feira, contra Alfred Olango, natural de Uganda, 38 anos, em um shopping.

Ativistas reivindicaram a divulgação das imagens.

A morte veio depois de várias mortes de homens e mulheres negros em encontros com a polícia que motivaram protestos ao redor dos Estados Unidos, pedindo mais responsabilidade das autoridades da lei no uso de força letal.

A polícia, no sábado, manteve distância da marcha, que desceu pelo meio das ruas segurando uma faixa que dizia #NemMaisUm e uma foto de Olango com asas de anjo. 

(Por Mike Blake)