Bunge será a única compradora do açúcar bruto entregue na bolsa de NY em outubro

segunda-feira, 3 de outubro de 2016 12:29 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - A Bunge será a única compradora da entrega de 772.958 toneladas de açúcar bruto (ou 15.215 contratos) do Brasil e Argentina contra o vencimento de outubro, de acordo com dados da bolsa ICE e de operadores.

A entrega, avaliada em 383,9 milhões de dólares, ficou abaixo da registrada ante o vencimento do contrato outubro de 2015, quando 23.644 lotes foram entregues, mas ficou acima dos 10.405 contratos entregues no ano anterior.

O comprador único foi a corretora Prime do BNP Paribas, a qual operadores disseram que representou a Bunge.

A Bunge não estava imediatamente disponível para comentários.

Operadores disseram que a Wilmar International, uma operadora com sede em Cingapura que foi compradora de açúcar nos seis últimos vencimentos de contratos, foi a maior vendedora dessa vez, com 7.600 lotes, ou cerca de metade do total.

A Wilmar não respondeu pedidos de comentários.

Uma joint venture entre a Wilmar e a Raízen --maior produtora individual de açúcar do Brasil-- para exportação de açúcar VHP foi aprovada pelo órgão antitruste do Brasil em março deste ano.

Os dados da bolsa mostram que 13.228 lotes vieram do Brasil, o maior produtor global de açúcar, enquanto o restante tem origem na Argentina.

(Reportagem de Marcy Nicholson)