3 de Outubro de 2016 / às 15:32 / em um ano

UE retoma investigação sobre acordo entre DuPont e Dow Chemical

BRUXELAS (Reuters) - Reguladores antitruste da União Europeia retomaram as investigações sobre a fusão de 130 bilhões de dólares das gigantes do setor químico Dow Chemical e DuPont, após as companhias fornecerem dados cruciais.

A Comissão Europeia, que havia suspendido o escrutínio no começo de setembro, vai agora decidir até 6 de fevereiro se aprova ou não o acordo.

O porta-voz da Comissão Ricardo Cardoso confirmou por e-mail que as empresas apresentaram informações importantes solicitadas pelo órgão regulador da concorrência na UE.

A Comissão abriu uma investigação completa sobre o caso em agosto, preocupada com o risco de o acordo que cria a maior empresa do mundo de sementes e proteção de safras reduzir a concorrência nestes setores, bem como em certos produtos petroquímicos.

A indústria de produtos agroquímicos tem visto uma onda de consolidação nos últimos meses.

A Comissão também está examinando outro acordo entre agroquímicas, no caso, envolvendo a ChemChina e Syngenta.

A farmacêutica e fabricante de produtos químicos alemã Bayer também planeja comprar a rival norte-americana e número 1 do mundo de sementes Monsanto.

Reportagem de Foo Yun Chee

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below