Fed não deve adiar aumento dos juros nos EUA, diz Mester

segunda-feira, 3 de outubro de 2016 16:58 BRT
 

(Reuters) - O Federal Reserve, o banco central dos Estados Unidos, não deveria atrasar o aumento dos juros para acompanhar o ritmo da economia, disse a presidente do Fed de Cleveland, Loretta J. Mester, sugerindo que deverá novamente defender um pequeno aumento dos juros na reunião do próximo mês.

"Nós temos que ser um pouco preventivos para garantir que estamos elevando a taxa de juros de modo que possamos manter a expansão sustentada", disse Mester, uma dos três membros votantes do Fed que discordaram da decisão do mês passado de manter os juros onde estão.

Em entrevista concedida à Rádio Bloomberg, ela disse que os argumentos para uma alta dos juros na próxima reunião nos dias 1 e 2 de novembro devem "continuar convincentes", se os dados econômicos vierem em linha com o esperado.

(Jonathan Spicer)