Argentina não vai reduzir impostos de exportação da soja até 2018, diz Macri

segunda-feira, 3 de outubro de 2016 18:57 BRT
 

BUENOS AIRES (Reuters) - A Argentina não vai reduzir os impostos de exportação de soja neste ano ou em 2017 conforme havia sido anunciado anteriormente e, ao invés disso, vai reduzir o imposto em 0,5 ponto percentual por mês de janeiro de 2018 a dezembro de 2019, disse o presidente Mauricio Macri nesta segunda-feira.

Pouco depois de assumir o cargo em dezembro, Macri eliminou os impostos de exportação do milho e do trigo como parte de seu plano para revitalizar o grande setor agrícola do país. Ele reduziu o imposto de exportação da soja, a principal cultura comercial do país, de 35 por cento para 30 por cento, e havia planejado mais cortes começando em 2016.

(Por Luc Cohen e Maximiliano Rizzi)

((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447765))

    REUTERS LM GB