Prazo para adesão à repatriação deve ser estendido para novembro, diz Maia

terça-feira, 4 de outubro de 2016 17:38 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta terça-feira que o prazo para adesão ao programa de regularização de recursos não declarados no exterior deve ser estendido para o dia 16 de novembro.

A mudança, segundo Maia, será incorporada ao projeto que altera algumas regras de repatriação já vigentes, com votação prevista para a quarta-feira.

"Devemos ampliar o prazo em 15 dias, apenas porque o Senado só deve votar essa matéira na semana do dia 17, se sairmos vitoriosos na manhã de quarta-feira", disse Maia a jornalistas.

Segundo ele, o prazo de adesão proposto ficará até o dia 16 de novembro. Pelas regras atuais, o dia 31 de outubro é data limite para adesão ao programa.

O projeto que aguarda votação no plenário da Câmara altera as regras de regularização de recursos não declarados mantidos no exterior e toma como referência para a cobrança de tributos e multa o saldo em 31 de dezembro de 2014, e não o fluxo das movimentações até essa data.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

 
Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, durante entrevista à Reuters, em Brasília
03/08/2016  REUTERS/Adriano Machado