Estoques de petróleo dos EUA caem pela 5ª semana consecutiva, diz AIE

quarta-feira, 5 de outubro de 2016 14:22 BRT
 

(Reuters) - Os estoques de petróleo dos EUA caíram na semana passada pela quinta vez consecutiva, apesar de uma desaceleração na atividade de refino no país, informou a Administração de Informação de Energia (AIE), do governo dos EUA.

Apesar da queda, que ajudou a sustentar os preços do petróleo, os estoques norte-americanos ainda estão no nível mais alto neste século.

Os estoques de petróleo caíram 3 milhões de barris na semana até 30 de setembro, ante expectativas de um aumento de 2,6 milhões de barris.

    A sequência de cinco semanas de queda surpreendeu alguns agentes do mercado, começando com uma queda de 14 milhões de barris --o maior declínio desde 1999-- no início de setembro, com importações sendo interrompidas pelo tempo adverso na Costa do Golfo, naquele período.

"A incapacidade de os estoques se recuperarem considerando a queda na taxa de utilização das refinarias ao longo das últimas duas semanas é especialmente altista", disse John Kilduff, sócio do fundo de hedge de energia Again Capital.

Os estoques totais de petróleo dos EUA, excluindo os estratégicos do governo, caíram abaixo dos 500 milhões de barris pela primeira vez desde janeiro, para 499,7 milhões.

No entanto, ao longo dos últimos 16 anos, a média histórica tem sido em torno de 328 milhões de barris, de acordo com dados da AIE.

(Reportagem de David Gaffen)