PIRA Energy: acordo da Opep deve levar preço do petróleo para entre US$50 e US$60

quarta-feira, 5 de outubro de 2016 15:57 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - A decisão da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) de adotar cortes na produção vai ajudar a mover os preços do petróleo em direção a uma faixa entre 50 dólares e 60 dólares por barril, disse a jornalistas nesta quarta-feira o presidente da consultoria PIRA Energy Group, Gary Ross.

A política da Opep mudou com a busca da Arábia Saudita por preços maiores para o petróleo e com uma maior disposição do Irã a aceitar um acordo entre os grandes produtores da commodity.

Ross disse em uma coletiva de imprensa que produtores de petróleo de xisto dos EUA provavelmente serão mais seletivos ao travar preços por meio de negociações no mercado após a decisão da Opep de limitar a produção.

Anteriormente, essas petroleiras vinham buscando vendas da produção futura a um preço próximo dos 50 dólares por barril.

Ross disse também que o excesso de oferta de petróleo que levou a dois anos de preços baixos no mercado global está caindo desde o segundo trimestre e terá desaparecido até o início do segundo semestre de 2017.

Ele ainda afirmou que uma vitória da democrata Hillary Clinton nas eleições presidenciais norte-americanas levaria a um rali no mercado de ações dos EUA e elevaria o valor de todos ativos de risco, incluindo petróleo e gás.

"As pessoas ficarão aliviadas por Trump não estar lá, devido às incertezas em torno de sua política", disse Ross.

(Por Devika Krishna Kumar e Jessica Resnick-Ault)