FMI pede que países usem todas as ferramentas para impulsionar crescimento

sábado, 8 de outubro de 2016 14:43 BRT
 

Por David Lawder e Leika Kihara

WASHINGTON (Reuters) - O comitê de direção do Fundo Monetário Internacional (FMI) pediu no sábado aos países membros para usar todas as ferramentas políticas para apoiar uma recuperação econômica global, que continua "lenta e desigual".

"No geral, a incerteza e os riscos descendentes estão elevados, enquanto antigos ventos contrários persistem", disse o comitê do Fundo, em comunicado.

"Nós reforçamos nosso compromisso com o crescimento forte, sustentável, inclusive, gerador de emprego e mais equilibrado. usaremos todas as ferramentas políticas - reformas estruturais, políticas fiscais e monetárias - individualmente e coletivamente", diz o documento.

O grupo de 189 países repetiu suas promessas de se abster de desvalorizações cambiais competitivas e de não ter metas de taxas de câmbio para fins de concorrência.

A nota do FMI disse que 26 países membros prometeram 360 bilhões de dólares em financiamento bilateral que pode ser usado para complementar os recursos de crédito normais do Fundo.

((Tradução Redação Brasília; 55 61 3426-7026))

REUTERS LG