Credit Suisse afasta cinco funcionários durante investigação

domingo, 9 de outubro de 2016 11:45 BRT
 

ZURIQUE (Reuters) - O Credit Suisse colocou cinco funcionários em licença enquanto realiza uma investigação interna relacionada a questões tributárias, informou o banco suíço neste domingo.

O jornal suíço SonntagsZeitung relatou mais cedo que a ação do banco estaria conectada a uma investigação dos Estados Unidos na unidade israelense do Credit Suisse sobre possível evasão fiscal.

"O Credit Suisse está realizando uma investigação interna relacionada com as questões fiscais", disse o banco, em um comunicado. "A revisão está se concentrando na conduta de funcionário."

Relatos da mídia surgiram pela primeira vez em junho sobre a investigação que o Departamento de Justiça dos EUA estava conduzindo para determinar se os funcionários do Credit Suisse em Israel ajudaram cidadãos com dupla cidadania israelense e norte-americana a sonegar impostos nos EUA.

O Credit Suisse não comentou detalhes da investigação.

(Reportagem de Brenna Hughes Neghaiwi)