Impulso de crescimento econômico fica estável nas principais economias, diz OCDE

segunda-feira, 10 de outubro de 2016 08:26 BRT
 

PARIS (Reuters) - O impulso econômico está se mantendo estável ​​nas principais economias industrializadas enquanto o crescimento se estabeleceu a uma taxa mais lenta no Reino Unido após a decisão de sair da União Europeia, mostrou o indicador mensal da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) nesta segunda-feira.

A OCDE, sediada em Paris, informou que seu principal indicador para seus 34 países membros se manteve em 99,7 em agosto, patamar inalterado desde março. Isso se compara com uma média de longo prazo representada por 100.

Para o Brasil, a OCDE apontou melhora das condições, com o índice subindo a 100,7 em agosto sobre 100,3 no mês anterior.

O indicador para o Reino Unidos subiu para 99,5, ante 99,3 em julho, em uma leitura que a OCDE disse ser consistente com o "crescimento se estabilizando em torno de uma taxa mais baixa".

(Por Leigh Thomas)