Câmara abre caminho para votar PEC dos gastos nesta 2ª-feira

segunda-feira, 10 de outubro de 2016 15:33 BRT
 

Por Marcela Ayres

BRASÍLIA (Reuters) - A Câmara dos Deputados abriu caminho para a votação em primeiro turno da Proposta de Emenda à Constituição que limita os gastos públicos ao aprovar a quebra de interstício de duas sessões, previsto no regimento da Casa.

Como não houve sessão na sexta-feira por falta de quórum, a base se articulou para apresentar e aprovar o requerimento nesta segunda-feira. Foram 255 votos a favor, 9 contrários e uma abstenção.

O placar dilatado mostra a força da base governista. Para aprovar a PEC são necessários os votos de 308 deputados e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ao chegar à Casa nesta manhã previu que o governo terá de 360 a 380 votos.

A Câmara aprovou também a retirada da pauta de votação do novo projeto de repatriação de recursos externos.

A sessão para votar a PEC seria iniciada logo em seguida.

OBSTRUÇÃO

Apesar dos poucos votos computados, a oposição já deixou clara a estratégia de obstrução nesta segunda-feira.   Continuação...