Resultado de 3o tri da Alcoa decepciona e ações despencam

terça-feira, 11 de outubro de 2016 14:11 BRT
 

Por Nick Carey

(Reuters) - A companhia de metais Alcoa divulgou nesta terça-feira lucro trimestral maior apoiado em medidas de corte de custos e menores provisões tributárias, mas os resultados ficaram abaixo do esperado pelo mercado e as ações da empresa norte-americana recuavam 10 por cento.

O aumento do lucro da Alcoa veio apesar de receita menor, com a empresa reduzindo atividade ou interrompendo operações de usinas tradicionais e enfrentando queda nos preços. As receitas caíram em áreas que atendem as indústrias automotiva e aeroespacial, algo que a Alcoa afirmou que deve-se em parte a atrasos na entrega de aviões e pressões de preço.

"Estamos tendo uma performance boa apesar do ambiente de preços baixos", disse à Reuters o presidente-executivo, Klaus Kleinfeld.

O terceiro trimestre é o último antes da empresa se dividir em duas entidades. A primeira empresa manterá o nome Alcoa e vai se concentrar nos negócios tradicionais de fundição de metais. A outra, Arconic, vai se especializar em ligas especiais de alumínio e titânio para as indústrias automotiva, aeroespacial e de construção.

A Alcoa teve lucro líquido de 166 milhões de dólares no terceiro trimestre, ou 0,33 dólar por ação, ante lucro de 44 milhões de dólares, ou 0,06 dólar por papel no mesmo período do ano passado. Excluindo eventos não recorrentes, o lucro foi de 0,32 dólar por ação. Analistas esperavam 0,35 dólar por ação.

A receita caiu para 5,2 bilhões de dólares ante 5,6 bilhões de dólares um ano antes. Analistas estimavam faturamento de 5,3 bilhões de dólares.