Maiores empresas aéreas dos EUA estimam melhores margens de lucro e receita para o 3º tri

terça-feira, 11 de outubro de 2016 16:08 BRT
 

(Reuters) - As maiores companhias aéreas dos Estados Unidos estimaram margens de lucro e receita melhores que o esperado para o terceiro trimestre nesta terça-feira, com seus cortes na oferta de de assentos elevando os preços e o momento dos feriados judaicos impulsionando as viagens em setembro.

A American Airlines, maior companhia aérea do mundo, disse que espera que sua margem ajustada antes de impostos fique entre 13 e 15 por cento, ante diretriz anterior de até 14 por cento. A terceira maior, a United Continental Holdings estima margem de 16 por cento, ante meta anterior de até 15,5 por cento.

Parte do impulso veio com dois feriados - Rosh Hashanah e Yom Kippur - quando muitos judeus não viajam. Este ano foi apenas o quarto desde 1943 em que ambos os feriados ocorrem em outubro. Isto significa que a queda nos gastos com viagens que normalmente ocorrem durante os feriados foi transferida para o quarto trimestre este ano.

As estimativas também sugerem que os movimentos de algumas empresas aéreas para oferecer menos assentos em certas rotas está compensando.

(Por Jeffrey Dastin)