Bovespa recua 1% e quebra série de altas com cenário externo negativo

terça-feira, 11 de outubro de 2016 17:52 BRT
 

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - A Bovespa fechou com o seu principal índice em queda nesta terça-feira, com o cenário externo negativo abrindo espaço para realização de lucros, após quatro altas seguidas, que ajudaram o Ibovespa a renovar máxima em mais de dois anos.

O Ibovespa caiu 1,05 por cento, para 61.021 pontos. O volume financeiro nesta véspera de feriado no Brasil somou 7,7 bilhões de reais, ante uma média diária de outubro de 7,14 bilhões de reais.

O índice de referência do mercado acionário brasileiro acumulou alta de quase 4 por cento nos quatro pregões até a véspera, alcançando a máxima de fechamento desde 3 de setembro de 2014, a 61.668 pontos.

No exterior, a terça-feira foi marcada por queda do petróleo, dadas as incertezas sobre acordo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) para conter a produção, bem como fraqueza em Wall St, em meio à temporada de balanços.

O quadro desfavorável no exterior favoreceu a realização de lucro, apesar da repercussão positiva pela aprovação em primeiro turno na Câmara dos Deputados da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que estabelece um limite o crescimento dos gastos públicos.

DESTAQUES

- PETROBRAS PN caiu 2,16 por cento e PETROBRAS ON perdeu 2,34 por cento, conforme os preços do petróleo recuaram, endossando uma realização de lucros nos papéis após os mesmos subirem nas últimas sete sessões.   Continuação...