Fitch prevê suave recuperação econômica da América Latina em 2017

quarta-feira, 12 de outubro de 2016 16:18 BRT
 

(Reuters) - A agência Fitch Ratings projetou nesta quarta-feira que a economia da América Latina crescerá moderadamente em 2017, após dois anos de contração, graças a preços ligeiramente mais elevados das commodities e condições especiais em alguns países.

A Fitch afirmou, em um comunicado, que a região vai encolher novamente neste ano, com recessões na Argentina, no Brasil, no Equador e na Venezuela.

"Os riscos para a atividade podem vir de uma demanda externa fraca, uma desaceleração mais acentuada da China e uma crescente volatilidade financeira internacional", acrescentou a agência.