Dados fracos sobre exportação da China impactam mercados asiáticos

quinta-feira, 13 de outubro de 2016 07:42 BRT
 

XANGAI/HONG KONG (Reuters) - Os mercados chineses fecharam praticamente estáveis nesta quinta-feira, com as expectativas de reformas que impulsionaram as ações de muitas companhias estatais ofuscadas pela decepção com os dados fracos de exportação e crescentes preocupações com a depreciação do iuan.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve alta de 0,08 por cento. O índice de Xangai subiu 0,09 por cento.

As exportações da China em setembro caíram 10 por cento em relação ao ano anterior, bem mais do que a expectativa do mercado, enquanto as importações recuaram inesperadamente 1,9 por cento após um salto em agosto.

Os dados, que indicam demanda mais fraca por bens chineses, aprofundam as preocupações com o valor do iuan, que atingiu nova mínima de seis anos contra o dólar nesta quinta-feira.

Já o índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, atingiu as mínimas de três semanas após os dados do comércio da China.

O índice MSCI tinha queda de 1,2 por cento às 7:40, atingindo o menor nível desde 19 de setembro.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,39 por cento, a 16.774 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,61 por cento, a 23.031 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,09 por cento, a 3.061 pontos.   Continuação...