Casino tem desaceleração de vendas no 3o tri pressionado por França

quinta-feira, 13 de outubro de 2016 11:24 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O grupo francês de varejo Casino afirmou que vai cumprir previsão de lucro na França este ano, apesar de uma desaceleração no crescimento das vendas do terceiro trimestre que foi pressionada pelo desempenho da empresa na Europa, enquanto no Brasil o desempenho foi forte.

O Casino, cuja nota de crédito foi reduzida para "junk" pela Standard & Poor's em março, está sob pressão para recuperar o desempenho na França, onde a empresa obtém 46 por cento de seu faturamento, enquanto enfrenta ambiente de recessão no Brasil, seu segundo maior mercado. A empresa controla no Brasil o Grupo Pão de Açúcar.

"Estamos confiantes sobre nosso plano de recuperação na França. Estamos muito confiantes em alcançar os 500 milhões de euros", disse o vice-presidente financeiro, Antoine Giscard d'Estaing, em teleconferência.

O Casino está promovendo cortes de preços para ampliar vendas de suas lojas na França, bem como cortes de custos e economias obtidas por um acordo de compras com a varejista francesa Intermarche para conseguir cumprir a meta de lucro.

Excluindo aquisições, efeitos cambiais e receita com venda de combustível, as vendas subiram 2,9 por cento, para 10,43 bilhões de euros no terceiro trimestre, uma queda ante os 3,8 por cento do trimestre anterior.

O desempenho de vendas do Casino foi divulgado depois que o GPA informou na terça-feira que a receita líquida consolidada do terceiro trimestre subiu 4,4 por cento sobre o mesmo período de 2015, para 15,094 bilhões de reais, impulsionada por salto de 14 por cento nas vendas do segmento alimentar.

(Por Dominique Vidalon)