Governo negocia ampliação de exportações de carne bovina in natura e frutas para Japão

terça-feira, 18 de outubro de 2016 19:23 BRST
 

(Reuters) - O Ministério da Agricultura negocia com autoridades japonesas questões sanitárias e fitossanitárias para que os sistemas de proteção dos dois países sejam reconhecidos mutuamente, o que poderia ampliar as exportações de carne bovina e de frutas do Brasil para o país asiático, segundo nota divulgada pela pasta nesta terça-feira.

O ministro Blairo Maggi está no Japão, acompanhando visita oficial do presidente Michel Temer, até quarta-feira.

Segundo o ministério, "até meados de 2017, o Brasil terá condições de aumentar sua participação em frutas e em bovinos no mercado japonês".

"Estamos em negociações, são questões sanitárias e fitossanitárias, de reconhecimento do sistema japonês e do brasileiro", afirmou Maggi, segundo a nota.

Um dos objetivos é destravar a entrada de carne bovina in natura naquele mercado, destacou o comunicado.

Segundo banco de dados do ministério, o Brasil exportou apenas 1,4 tonelada de carne bovina para o Japão este ano até setembro, ante um total de mais de 1 milhão de toneladas exportadas para todos os destinos, incluindo carne in natura, industrializada e outros subprodutos.

O Japão já é grande comprador de soja, milho, algodão e outros produtos cultivados no Brasil, destacou o ministério.

(Por Laís Martins, em São Paulo)