Ações da Nintendo despencam após empresa exibir novo console de videogame

sexta-feira, 21 de outubro de 2016 09:01 BRST
 

TÓQUIO (Reuters) - A Nintendo divulgou na véspera um vídeo sobre seu futuro aparelho de videogame que pode ser usado como um console tradicional ou como um dispositivo portátil, mas a ausência de recursos revolucionários fez as ações da companhia despencarem nesta sexta-feira.

Em um vídeo de três minutos, a companhia revelou o Nintendo Switch, seu primeiro console de videogame em quatro anos, que será lançado em março de 2017.

O sucesso do aparelho, que não teve preço revelado, é crucial para a empresa, pois a Nintendo considera o console de videogame como centro de seus negócios depois que seu último modelo no segmento, o Wii U, teve fracas vendas.

"O vídeo não mostrou o aparelho sendo utilizado de novas formas interessantes, a jogabilidade se parece surpreendentemente familiar com qualquer outro console", disse Takeshi Koyama, analista sênior da Mizuho Securities, em relatório a clientes.

Ele acrescentou que muitas das características do novo aparelho não foram esclarecidas, como se a tela da unidade principal do console é sensível a toque ou se pode ser sincronizada com outros dispositivos.

The Legend of Zelda, Super Mario e Splatoon foram exibidos no novo console e dezenas de produtoras como Activision, Electronic Arts e Take-Two estão desenvolvendo jogos para a plataforma.

Eiji Maeda, analista da SMBC Nikko Securities, afirmou que os jogos devem cair no gosto de fãs tradicionais da Nintendo, mas não houve títulos mostrados que parecem fazer a empresa ingressar em novos públicos.

A Nintendo vendeu 13 milhões de consoles Wii U desde o lançamento em 2012 ante 101 milhões do predecessor Wii, lançado em 2006.

As ações da Nintendo fecharam em baixa de 6,5 por cento nesta sexta-feira, o que conferiu um valor de mercado para a empresa de 35 bilhões de dólares. A ação, porém, ainda acumula valorização de cerca de 70 por cento desde o início de julho, depois do lançamento de Pokémon Go e de Super Mario Bros para iPhone.

(Por Makiko Yamazaki e Taiga Uranaka)